Este artigo é uma continuação de outros dois: um em que abordamos 5 dicas para vender seu serviços de topografia, e outro no qual demos um Guia Básico de Marketing para Topógrafos.

Atendendo a pedidos, hoje daremos prosseguimento neste tema contando um pouco mais sobre ferramentas para promover e divulgar seus serviços de topografia na Internet.

Ou seja, estamos desconsiderando aqui opções de propaganda boca-a-boca, indicações, entre outras, e partindo do princípio que você tenha que conquistar clientes novos, que não conheciam nem você nem nenhum conhecido seu antes.

Se considerarmos que, na maioria das vezes, os clientes de serviços de topografia desconhecem o nosso ofício, e, quando precisam da gente, procuram “no escuro”, ou seja, sem saber muito bem quem e por onde procurar, isto pode ser um bom negócio para você, independente do tamanho da sua empresa, caso você utilize as ferramentas corretas.

Com o avanço da Tecnologia e o uso da Internet para praticamente tudo, hoje em dia itens como lista telefônica ou Classificados de Jornal estão em desuso. Quem quer procurar algo hoje, vai direto na Internet.

E uma vez lá, não importa o seu tamanho. Não importa se você seja uma empresa pequena, ou mesmo que você seja um autônomo. Você só precisa utilizar as ferramentas corretas e fazer um trabalho profissional, que assim pode causar o mesmo impacto nas pessoas que empresas de topografia gigantescas.

Antes, vamos entender. Quando digo que as pessoas hoje em dia buscam as coisas direto na Internet, dá pra ser mais específico ainda, e dizer que a busca é feita no GOOGLE! Assim como você deve usar essa ferramenta para procurar sob temas do seu interesse, os seus possíveis cliente fazem igualzinho.

Para você ter uma idéia de como o Google é dominante, eles chegam a ter 85% de participação de mercado. De cada dez buscas na Internet, quase 9 são no Google. Enquanto outros provedores como Yahoo e Bing dividem o restante.

Isso significa que:

a) É grande a chance do seu possível cliente estar procurando por seus serviços no Google

b) Você precisa estar lá.

Para se estar presente no Google, você tem duas possibilidades:

  • Google Adwords (Busca Paga)

Nas páginas de busca, o Google reserva os espaços superiores ( e Às vezes os laterais também), para os anunciantes que quiserem pagar para estar lá.

Isso PODE garantir que você esteja em primeiro lugar quando seu possível cliente digitar termos que sejam do seu  interesse, como: “serviço de georreferenciamento”, ou “serviços de topografia”, dependendo do valor investido, de ter feito configurações corretas, de ter escolhido as palavras-chaves corretas.

Dessa forma, você precisa utilizar o serviço do adwords para escolher essas palavras-chaves corretas baseadas no que o seu cliente está procurando. Quanto mais assertiva for a palavra-chave escolhida, maiores as chances de você encontrar seu cliente e pagar menos pelo clique.

A parte boa do Adwords é que é possível começar com orçamento baixos, como 5 a 10 reais por dia, ir testando o retorno e você pode parar a qualquer momento. Além disso, você consegue calcular o retorno sobre o investimento na ponta do lápis: saber exatamente quantos cliques seu anúncio gerou, quanto pagou por clique, quanto retornou em forma de serviços.

Este é um privilégio dos nossos tempos. Comparando isso a um anúncio de classificados, por exemplo, você nunca saberia dizer quantas pessoas olharam aquele anúncio de verdade. Além do que, no Google, você pode editar sua mensagem sempre que achar que ela pode ser melhorado.

Outra vantagem é que, normalmente, o contato que vem do Adwords é “quente”, ou seja, alguém que precisa do serviço, já que está procurando no Google com o intuito de contratar ou ter um orçamento.

  • Busca Orgânica do Google (SEO)

Agora, uma desvantagem do Adwords é que tem pessoas que não gostam de clicar nos anúncios (Adwords), exatamente por eles serem… Anúncios.

Por isso, elas dão preferência para os resultados orgânicos, que são aqueles que vem logo abaixo. Isso vem da percepção de que as empresas que estão na área de anúncio é porque pagaram por estar lá, enquanto que as que aparecem primeiro no resultado orgânico é porque “mereceram” estar lá, ou porque, em tese, seriam as melhores do mercado e o Google supostamente reconhece isso as colocando em primeiro (REPARE: não estou falando que isso é verdade, apenas dizendo que MUITAS pessoas tem essa PERCEPÇÃO). Por isso, é muito importante que você faça um trabalho para que sua empresa apareça bem rankeada na busca orgânica.

Para aparecer no resultado orgânico, você precisa de duas coisas:

  1. Um Site: Hoje em dia é impossível pensar num negócio sem pensar num site. Você precisa de um! E falta de verba ou mesmo de conhecimento não é desculpa. Sites como Wix tem opções para leigos por mensalidades mínimas que você mesmo pode fazer. E, mesmo assim, eu recomendo que você invista mais, contrate um especialista, pois é um investimento que retorna, e também por:
  2. O Site precisa ser Otimizado: Para o seu site aparecer bem na busca orgânica do Google, ele precisa ser otimizado para os motores de busca. Os robôs do Google precisam “gostar” do seu site, e para isso você deve fazer um trabalho que envolve utilização de palavras-chaves, otimização da velocidade do site, entre outras coisas.

É por isso que eu recomendo que você contrate um profissional para isso pois, mesmo no caso de contar com um profissional, o trabalho para aparecer bem na parte orgânica do Google é de médio prazo, com resultados iniciais em cerca de 3 a 6 meses.

Como você pode ver, a busca orgânica, apesar de você não investir em anúncios, ela não deixa de ser paga, pois você terá que investir tempo e dinheiro para montar um site legal, otimizado,e mantê-lo por tempo indeterminado.

Além disso, o Adwords costuma dar resultados mais imediatos. Se bem feito, você pode começar a ter orçamentos no mesmo dia.

Então… Qual é Melhor: Busca Orgânica ou Adwords?

O ideal é que os dois trabalhos sejam feitos juntos.

Até mesmo porque o fato de você ter um campanha de Adwords rodando e trazendo visitas para o seu site vai fazer com que a sua busca orgânica também melhore.

Além disso, caso você invista em Adwords, você precisa de um local para direcionar as pessoas que querem um orçamento. E o ideal é que esse local seja… O Seu site, e que seja um site bem bonito para que o cliente se sinta confiante em seguir em frente e pedir um orçamento.

Então, ao invés de pensar em um ou outro, pense em ter uma estratégia de aparecer bem no Google de todas as formas possíveis.

As pessoas não querem mais saber de Listas Telefônicas nem de Classificados de Jornal. Mesmo assim, elas continuam procurando MUITO sobre itens e serviços que precisam.

E essa procura, em mais de 85% dos casos, é feita no Google.

Então, se você quer ser um Agrimensor do Futuro, você precisa estar lá quando as pessoas procurarem pelos seu serviços.

Deixe seu comentário aqui e me conte como você tem divulgado seus serviços! Me fale se já usou o Google para divulgar eu negócio e qual foi sua experiência com ele! E também me conte como você acha que o agrimensor deve fazer para promover seu trabalho online!


Existe uma máxima no Marketing que diz que “Produto (Ou Serviço) X Marketing = Faturamento”. Ou seja, se você é bom de matemática, percebeu que, quanto maior a qualidade dos dois, mais você faturar.

Porém, o inverso também é verdadeiro: caso um dos dois nesta equação seja 0, isso significa que o resultado será Zero.

Neste Texto, tratarei especificamente da segunda parte da Equação: o Marketing dos Topógrafos, pois percebemos no dia-a-dia que aí está uma gigantesca oportunidade de melhora.

Por mais conhecimento Técnico que um profissional tenha, isso não basta. É preciso encontrar clientes e vender o próprio serviço que se consiga trabalho.

Aquela história de “Deixe o Seu Trabalho Falar Por Você” é romântica e até tem um fundo de verdade, mas se você não falar do seu produto antes, não vai ter ninguém falando por você depois.

Por isso, é fundamental que você, como topógrafo, tenha conhecimento de conceitos chaves de marketing para oferecer seus serviços de forma mais assertiva e eficiente.

O mercado de Topografia é competitivo, existem muitos outros aí fora lutando pelos mesmos clientes. Então, você precisa estar preparado para esta disputa tendo alguma estratégia melhor do que simplesmente abaixar o seu preço.

Separei para hoje 4 conceitos simples de Marketing que você pode começar a pensar para a sua empresa a partir de hoje. Vamos dar uma olhada:

  • Entendendo quem é o seu cliente

O PRIMEIRO PASSO para você preparar seu marketing melhor é entender quem é o seu cliente típico.

Isso é importante por duas razões:

a) Ao estudar o seu cliente típico, você consegue aprender exatamente quais são as necessidades que ele normalmente tem.

b) Quanto mais você o conhece, mais especializado seu trabalho fica, a sua proposta fica, mais fácil fica saber aonde encontra-lo, e aí sim suas chances de fechar mais serviços e de ganhar notoriedade entres esses clientes começa a aumentar.

Quando você sabe quem é o seu cliente, você se torna mais capaz de alocar o seu tempo, sua energia e mesmo seus recursos financeiros destinados ao marketing.

Especialmente se você faz todo o trabalho por conta própria, e não tem muito tempo para se dedicar a isso, deve saber que quanto mais focadas forem suas iniciativas, mais chances terá de conseguir resultados.

Outras perguntas que você deve fazer para estudar melhor seu cliente são: a) Quais são as necessidades típicas dele? O que ele normalmente pede de informação antes da venda? Quais são as objeções que ele normalmente faz? Como ele prefere pagar? O que ele costuma pedir no Pós-Venda?

Repare que cada pergunta dessa pode trazer soluções que façam do seu atendimento mais completo. Por exemplo, se você já sabe o que normalmente faz o cliente rejeitar sua oferta (Objeção), você já pode preveni-la, pensando numa alternativa que já resolva isso antes do cliente perguntar (ou antes dele parar de te responder). E isso vale para todas as outras perguntas.

Então, faça a lição de casa de entender quem é o seu cliente típico, e assim seu marketing começará a tomar corpo!

  • Ofereça um Serviço Único

Outro ditado que gosto muito é o seguinte: “Quem vem por Preço, vai por preço. Quem vem por valor, fica!”. Ou seja se você quiser ser conhecido no mercado por algo que não seja “O Mais Barato”, você tem que se preocupar em oferecer um produto ou serviço único, que ninguém mais no mercado ofereça.

Agora você pode me dizer: “Mas eu faço Serviço de Georreferenciamento, que todo mundo faz, como ser único fazendo isso?”. De muitas maneiras. Você pode ter um atendimento único, uma entrega única, um prazo único, um pós-venda único. Isso vai da sua criatividade.

Só tem alguns probleminhas aí:

– Este diferencial não pode ser apenas discurso. Não adianta você dizer para o cliente que seu atendimento é especial, se ele é como todos os outros. Vai soar pouco convincente e ainda decepcionará as pessoas.

– O diferencial precisa ser focado no seu cliente (por isso a necessidade de conhecê-lo bem). Não adianta oferecer algo que ele não precise, ou que não faça diferença, pois ele não enxergará valor.

– O diferencial deve ser algo que te ajude a manter seu preço (e talvez eleva-lo) e não algo que te faça perder dinheiro. Ou seja, “dar o maior desconto” não é diferencial, você está apenas corroendo sua margem e correndo riscos de acabar no prejuízo.

Então, pense com carinho nisso: o que eu ofereço de único para meus clientes que faz o meu serviço ser diferenciado?

Crie Sua Própria Autoridade no Seu Setor

Uma vez que você saiba quem é o seu cliente, e o que você oferece de único para ele, é hora de mostrar essas qualidades para o mercado.

E se existe uma coisa melhor do que correr atrás de clientes, é ter clientes correndo atrás de você.

Esta idéia pode parecer um pouco utópica a princípio, boa demais para ser verdade, mas, com a estratégia certa, você pode sim conseguir que isso aconteça.

Hoje em dia, é difícil pensar em marketing sem pensar na Internet. Eu diria, inclusive, que não existe mais marketing normal e marketing digital, é tudo a mesma coisa. Logo, seus clientes estão na Internet.

E isso é ótimo, pois a Internet é uma mídia democrática, muito melhor do que na época em que, para aparecer, sua única alternativa era gastar muito dinheiro com anúncios.

Para chamar atenção na Internet, pense assim: quando seu cliente está online, ele pode estar lá por alguns motivos: pode ser que ele esteja em busca de informação, pode ser que ele esteja querendo se entreter, pode ser que ele esteja querendo conversar…

Então, se você conseguir se conectar com ele de um desses 3 jeitos, pode ter certeza que ele vai gostar de ser “interrompido” pela sua mensagem.

O que seu cliente não gosta é de ser interrompido com discurso raso e superficial de vendedor.

Então, na hora de expor sua mensagem, você deve pensar: quero que as pessoas me conheçam como um especialista no assunto que traz informações úteis para elas, ou como um vendedor que só sabe falar de preço e de “compre”, “compre”, “compre”?

Com esse raciocínio, você pode começar a construir sua autoridade online.

Cumpra Tudo que Prometeu

Conforme falamos no início do texto, Serviço e Marketing são coisas diferentes, mas andam lado-a-lado.

Então, se você fez sua lição de casa e conseguiu atrair mais clientes, você precisa entregar o serviço com a mesma excelência com que o divulgou.

Caso o serviço não tenha a qualidade que você disse ter, você terá alguns problemas, entre eles:

– Não fidelizará os clientes, logo terá que sempre conseguir clientes novos, o que é mais caro e dá mais trabalho.

– Estes clientes não recomendarão o seu serviço para os amigos deles, o que costuma ser uma fonte barata e fácil de se fazer novas vendas.

– Sua imagem no setor ficará arranhada, prejudicando em muito seus esforços de marketing posteriores.

Logo, sua entrega deve ser única. Sua preocupação em satisfazer o cliente também.

Trate a sua entrega com o máximo de rigor possível, pois seria injusto até com você mesmo fazer uma grande estratégia de marketing para atrair clientes para depois estragar tudo com um serviço ruim.

Este texto não tem por pretensão ensinar todos os detalhes de como se fazer marketing. É apenas um Guia Básico e Inicial.

Marketing é um tema complexo, que inclusive pessoas passam anos na faculdade estudando para depois colocar em prática.

O mais importante que deve ficar como mensagem, porém, é a importância de pensar no marketing na hora de divulgar seus produtos e seus serviços.

Muitas vezes, é cômodo fugir desses temas, com as desculpas de que tudo está corrido, ou de que o trabalho em si toma muito do tempo, logo fica difícil se dedicar ao marketing.

Só que negligenciar esse tema pode ser um fator que resulte em você NÃO TER MAIS TRABALHO.

Termino esse texto então primeiro com uma frase:

“Sem Marketing, você pode fechar vários negócios, inclusive o seu!”

Ou seja, não importa se você é autônomo, se é o único da equipe ou se tem uma equipe enxuta: você precisa estar constantemente colocando esforços para divulgar os seus produtos.

Por último, peço por gentileza que você me conte o que achou deste texto, e coloque nos comentários como você costuma fazer marketing dos seus serviços.

Vou adorar saber e, se possível, pensar em como ajuda-lo.

Um Abraço!


Muitas vezes, é cômodo colocar a culpa em agentes externos, como a crise, o mercado, a economia, para explicar um período mais difícil na venda de serviços de topografia.

Não que fatores externos não existam. Claro que eles existem e atrapalham sim. Porém, SEMPRE existe coisas que você pode fazer para se tornar um melhor vendedor dos seus próprios serviços e assim angariar mais clientes, mais serviços e claro, mais faturamento para sua empresa.

Baseado nisso, essa semana o Agrimensor do Futuro selecionou 5 dicas muito importantes para você que quer vender serviços de topografia, confira:

  • Detalhe ao Máximo o Serviço que está oferecendo

No nosso mercado, na maioria das vezes estamos oferencendo serviços para clientes que não sabem exatamente como o nosso trabalho funciona. Isso pode levar a algumas dificuldades, como desvalorização do serviço.

Além disso, pode gerar ainda um outro mal-entendido, que é a falta de clareza entre o que o cliente acha que está comprando com o que de fato será entregue ao final.

Por isso, antes de fechar qualquer serviço, é fundamental que você seja o mais claro possível com tudo que será feito, etapa a etapa do processo, e que você explique isso de uma maneira simples e clara, de modo que uma pessoa leiga consiga compreender.

Ao fazer isso, você estará: 1) Valorizando o Seu Trabalho, mostrando aonde suas competências serão empregadas. 2) Tangibilizando a Sua Oferta, pois ficará claro todo o escopo do serviço 3) Fazendo com que você e o seu cliente estejam na mesma página, preparando terreno para que os dois fiquem satisfeitos ao final da prestação de serviço.

  • Utilize Depoimentos de Clientes Anteriores para Fechar o Serviço

Hoje em dia vivemos na era dos testemunhais e dos depoimentos. Por mais íntegro e sério que seja o seu trabalho, o seu possível cliente só vai ter 100% de certeza do que você está oferecendo na hora em que ele conhecer um outro cliente seu que confirme o que você está vendendo.

Nessas horas, basta você pensar em como você se porta na hora de comprar um produto ou serviço. Se você se sente mais confiante ao ouvir depoimentos de outros clientes, é claro que com o seu cliente também vai funcionar dessa forma.

Isso apenas reforça a necessidade de você estar sempre prestrando um bom serviço, para que assim você consiga sempre tornar seus clientes em testemunhas vivas da sua qualidade.

Então, toda vez que você estiver vendendo um serviço de topografia, disponibilize para o seu cliente cases de sucesso que você já realizou. De preferência, você deve fornecer também o contato dos clientes para, caso julgue necessário, seu potencial cliente inclusive entrar em contato com eles para mais informações.

Você verá que, só de disponibilizar esses contatos, a confiança no seu trabalho já vai aumentar muito.

  • Foque em um grupo específico de Clientes

Quem tudo quer, nada tem. Essa máxima vale para tudo na vida, inclusive para quando você está vendendo seus serviços de topografia.

Essa é uma dica não só para vendas, mas para seu posicionamento estratégico também. Você precisa ter muito claro na cabeça quem é o seu cliente típico, qual tipo de serviço que ele normalmente precisa, qual preço que ele costuma pagar, quais objeções ele costuma ter na hora de fechar.

Conforme você vai se especializando num tipo específico de cliente, o seu trabalho como vendedor vai ficando mais simples, por diversos motivos, especialmente porque você começa a se especializar naquele serviço e começa a ganhar uma reputação no mercado.

Assim, aumentam as chances de clientes satisfeitos fazerem recomendações sobre seu trabalho, e assim você não ter mais que correr atrás de clientes, pois eles estarão correndo atrás de você.

  • Tenha um ótimo Pós-Venda

A pior coisa que pode acontecer para quem está comprando de você é receber muita atenção antes da venda ser concluída e, depois, ser esquecido. Isso é terrível pois passa falta de consideração e profissionalismo de sua parte.

Por isso, é muito importante que você mantenha uma postura profissional e atenciosa durante todos as etapas da venda, especialmente depois que ela é fechada.

Isso inclui desde dar satisfação sobre o trabalho que está sendo feito, como estar disponível no pós-venda, depois que o trabalho é entregue, etapa em que pode surgir dúvidas, necessidade de suporte, manutenção, etc…

  • Mostre Seu Trabalho para o Mercado

Para que as pessoas saibam que o seu trabalho existe, elas precisam ouvir falar dele. Hoje em dia existem diversos caminhos que você pode usar para divulgar sua marca de modo gratuito, como página de Facebook, Fóruns, Whatssap, Sites.

É importante que você tenha sempre uma verba e um tempo dedicados para este serviço, pois pode ser ele a salvação em épocas nas quais parece impossível achar clientes.

Lembre-se, se você está se propondo a ser um agrimensor do futuro, deve estar preparado para todos as ferramentas de marketing que a tecnologia pode te oferecer.

Estas foram 5 dicas para você vender serviços de topografia como um Agrimensor do Futuro.

Repare que, acima de tudo, elas dizem respeito a você tratar o seu cliente da mesma forma como você gostaria de ser tratado quando está comprando algo.

Por isso, leve muito a sério esta etapa do seu serviço. Afinal, sem vendas, sua empresa deixa de existir.

Mãos à obra, e bons serviços

Abs,

Agrimensor do Futuro